top of page
  • Foto do escritorValcelí Leite

Desafiando Crenças Limitantes no Casamento

Atualizado: 25 de abr.

O casamento é um desafio e aprendizado, onde duas pessoas se unem em uma parceria de amor e compromisso. No entanto, ao longo dessa período, é comum que algumas crenças limitantes possam surgir, ameaçando a harmonia e a felicidade do relacionamento.



Uma dessas crenças é a ideia de que o casamento é uma prisão, uma fonte de restrição e limitação à liberdade individual. Para superar essa crença, a terapia cognitivo-comportamental pode ser útil, ajudando os casais a desafiar pensamentos negativos e substituí-los por perspectivas mais realistas e positivas. Um versículo bíblico que ressoa com essa abordagem é Filipenses 4:8, que nos incentiva a focar em pensamentos que sejam verdadeiros, nobres, justos, puros, amáveis, dignos de louvor e excelentes.



Outra crença limitante é a expectativa de que o parceiro deve ser responsável pela felicidade do outro o tempo todo. Nesse sentido, a terapia centrada na pessoa pode ser benéfica, encorajando cada parceiro a explorar suas próprias necessidades e emoções, ao invés de depender exclusivamente do outro para a felicidade. Mateus 22:39 nos lembra do segundo maior mandamento de amar o próximo como a si mesmo, enfatizando a importância do autocuidado e do amor próprio.


Além disso, muitos casais encaram os conflitos como sinais de que não estão destinados a ficar juntos. A terapia de casal pode oferecer ferramentas eficazes para lidar com conflitos de forma construtiva, promovendo a comunicação aberta e empática entre os parceiros. Efésios 4:26 nos lembra de não deixar que a raiva se transforme em pecado, mas resolver os conflitos de maneira oportuna.


Também é comum acreditar que o casamento deve ser um conto de fadas constante, livre de problemas e desafios. Aqui, a terapia narrativa pode ajudar os casais a reconhecer e reescrever as histórias que contam sobre seu relacionamento, incorporando uma visão mais realista e resiliente. Tiago 1:2-4 nos lembra de considerar as tribulações como alegria, pois produzem perseverança e maturidade.


Por fim, a ideia de que não é mais necessário se esforçar depois de casar pode levar à estagnação e ao distanciamento no relacionamento. A terapia comportamental pode incentivar os casais a estabelecer metas e hábitos saudáveis, promovendo uma conexão mais profunda e duradoura. Gálatas 6:9 nos encoraja a não desistir de fazer o bem, pois colheremos no tempo certo, se não desistirmos.


Desafiar essas crenças limitantes pode abrir caminho para um casamento mais saudável, gratificante e duradouro. Ao integrar princípios terapêuticos e sabedoria bíblica, os casais podem fortalecer sua conexão e enfrentar os desafios da vida juntos, construindo um relacionamento baseado no amor, respeito e compromisso mútuos.


Conclusão:

À medida que exploramos e desafiamos as crenças limitantes que podem afetar negativamente nosso casamento, é fundamental lembrar que temos o poder de transformar nossos pensamentos e fortalecer nossa conexão como casal.

Nossa vida conjunta é uma oportunidade para crescermos não apenas individualmente, mas também como uma equipe comprometida e amorosa. Portanto, convido vocês a participarem de um exercício de mentalização juntos:


Fechem os olhos por um momento e respirem profundamente. Visualizem-se em um lugar tranquilo e seguro, onde possam se abrir um ao outro sem medo ou julgamento. Imaginem uma luz brilhante envolvendo-os, irradiando amor, compreensão e aceitação mútua.

Agora, mentalizem os desafios que enfrentaram juntos e como superaram cada obstáculo com coragem e determinação. Vejam-se fortalecidos pela comunicação aberta, pelo apoio mútuo e pelo compromisso inabalável de fazerem este relacionamento prosperar.

À medida que vocês continuam a mentalizar essa cena, permitam-se sentir a gratidão pelo amor que compartilham, pelo relacionamento que escolheram percorrer juntos e pela oportunidade de crescer e evoluir como indivíduos e como casal.

Ao retornarem à realidade, levem consigo essa sensação de união fortalecida e compromisso renovado. Lembrem-se de que, mesmo diante dos desafios, vocês têm o poder de moldar o futuro do seu relacionamento com amor, compreensão e respeito mútuo.

Que este exercício de mentalização os inspire a cultivar uma união cada vez mais profunda, gratificante e duradoura. Que vocês sejam uma fonte de apoio e inspiração um para o outro, celebrando os momentos felizes e enfrentando os desafios com coragem e amor.

Juntos, vocês podem construir um casamento sólido e significativo, onde o amor floresce e a felicidade prospera. Que venha o crescimento e descoberta lhes traga alegria, paz e realização em abundância.


Desejo a você e sua família uma semana na Graça.

ABT 1.0010-SP

YouTube: @ValceliLeite

Facebook: ValceliLeite

Nascido em Assis, São Paulo, e atualmente residente em Marília há doze anos, brasileiro. Ele tem sido presidente da ABRATHEO desde 2023 até o presente. Possui graduação em Fisioterapia e é pós-graduado em Acupuntura pela CEATA. Também possui pós-graduação em Terapia Familiar Sistêmica pela Faculdade Iguaçu-PR, Cognitive Behavioral Therapy pelo CBI/Miami-US e Terapia Cognitivo Comportamental pelo Centro Universitário Celso Lisboa/RJ. Além disso, possui um MBA em Teoterapia e Competência Emocional pela Adverbum/PR. Atualmente, atua como Teospicoterapeuta, trabalhando com casais e famílias que enfrentam problemas temporários e precisam de orientação. Ele ministra palestras em todo o Brasil, abordando temas como Educação de Filhos, Internet: um território a ser descoberto pelos pais, Vida Conjugal e A ciência do bem-estar – Evitando a Ansiedade. Anteriormente, ele ocupou o cargo de Superintendente na instituição filantrópica I.E.A.R.C. por 17 anos, onde implantou e gerenciou filiais da instituição em várias regiões do Brasil. Possui experiência na gestão de treinamento de liderança, formação de equipes e palestras motivacionais em quatro estados brasileiros e mais de 30 cidades. Ele também participou e apresentou vários programas de rádio e TV em São Paulo e Salvador. Em Assis, ele implantou uma rádio comunitária e também produziu e gerenciou eventos de grande porte, com mais de 800.000 pessoas, cuidando da divulgação e contratação de prestadores de serviços para esses eventos.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page